Análise Clínicas - Análise de Produtos - Prólab Biotecnologia

Notícias

09/11/2012 00:00:00

E mais histórias sobre contaminação microbiológica

Fonte: http://itodas.uol.com.br/bem-estar/celular-relogio-e-teclado-estao-entre-os-itens-mais-contaminados-por-bacterias--24235.html
Data: 09/11/2012

 

 

CELULAR, RELÓGIO E TECLADO ESTÃO ENTRE OS ITENS MAIS CONTAMINADOS POR BACTÉRIAS

SHUTTERSTOCK



 

Vivemos rodeados por bactérias e fungos, eles estão por toda a parte – tudo o que tocamos, pegamos e comemos tem uma quantidade considerável desses microorganismos. Por isso, saber a importância de fazer uma boa higienização é fundamental para evitar algumas doenças cotidianas, lavando os objetos com água e sabão ou utilizando álcool em gel sempre que possível.

Dinheiro, celular, bolsa, relógio, teclado e óculos estão entre os artefatos mais contaminados. De acordo com o infectologista Dr. Orlando Jorge Gomes da Conceição, do Hospital e Maternidade São Luiz, “quanto mais compartilhado o objeto, maior é a quantidade de bactérias que ele carrega, por isso é necessário tomar cuidado para não facilitar o contágio e a disseminação de possíveis doenças”.

Segundo o infectologista, não existem doenças graves e específicas geradas por bactérias encontradas nesses objetos, mas elas são responsáveis pela disseminação de doenças transmitidas pelo contato como, por exemplo, a gripe H1N1. Por isso alguns cuidados são fundamentais: sempre que sair de algum lugar público lave as mãos, evite esfregar os olhos com os dedos sujos, colocar a mão, chave, celular, caneta etc na boca, evite beber diretamente na latinha antes de lavá-la etc. Cuidados básicos podem evitar doenças corriqueiras. “Objetos de manipulação pública tendem a ter uma carga de bactérias maior. Mas essas bactérias ambientais nós temos contato o tempo todo, e é normal. A maioria delas não causa nenhuma doença ao nosso organismo, pois desde pequenos estamos expostos a esses microorganismos”, ressalta o Dr. Orlando Jorge.


“Quem costuma carregar alimentos dentro da bolsa também precisa ter o cuidado de verificar se estes estão adequadamente embalados e dentro da data de vencimento, caso contrário podem gerar fungos”, alerta o infectologista. A escova de dente, um acessório que todo mundo carrega diariamente na bolsa, é outro item que merece atenção especial uma vez que também é alvos frequente de micro-organismos. O correto seria guardar dentro de uma capinha própria para ela não ter acesso aos outros itens soltos dentro da bolsa. Ou comprar um estojo para guardar somente pertences higiênicos como pasta de dente, fio dental, escova etc.

Evitar misturar objetos higiênicos junto com outros objetos é muito importante. “Limpar a bolsa sempre que chegar em casa ajuda a eliminar alguns micro-organismo presentes no dia a dia. Faça uma boa higiene dos objetos que circulam com você e evite misturá-los com outros objetos de uso pessoal e higiênico”, finaliza o infectologista.

 

 

Últimas Notícias